Lisboa

Seis bombeiros feridos em despiste com veículo dos Sapadores de Lisboa

Seis bombeiros feridos em despiste com veículo dos Sapadores de Lisboa

O despiste de um veículo dos Sapadores Bombeiros de Lisboa e posterior colisão contra a montra de um edifício, às 13.01 horas, na Avenida de Berna, causou seis feridos, dois em estado grave.

De acordo com o responsável dos Sapadores de Lisboa, o comandante Joaquim Leitão, os seis bombeiros seguiam numa viatura urbana de combate a incêndios respondendo a uma chamada de emergência na rua Neves da Costa, em Lisboa, devido à queda de uma árvore.

A viatura, que seguia na direcção Campo Pequeno - Praça de Espanha, foi obrigada a guinar para evitar o embate com um carro que, à sua frente, mudou subitamente de faixa, e acabou por entrar pela montra do edifício da Prosegur, em frente à Fundação Calouste Gulbenkian.

Na empresa registaram-se apenas danos materiais. O funcionário que se encontrava na recepção foi visto pelos técnicos do INEM, mas não apresentava ferimentos.

Dois elementos do Regimento de Sapadores Bombeiros de Lisboa ficaram feridos com gravidade. Registavam traumatismos cranianos e foram levados, um para o Hospital de São José e outro para Santa Maria.

Do acidente resultaram ainda ferimentos ligeiros em dois bombeiros, enquanto outros dois elementos dos Sapadores de Lisboa foram transportados para o hospital apenas para observação.

Em declarações à Lusa, o comandante dos bombeiros afirmou que este acidente foi "uma tragédia", que resultou de, "numa marcha de socorro normal", os bombeiros terem sido obrigados "a desviar-se de um veículo", mas "devido às condições atmosféricas, acabaram por embater contra" o edifício.

Segundo Joaquim Leitão, vai ser realizado um "inquérito interno", que disse ser "um procedimento comum" em situações deste género.

Cerca das 14.00 horas, o trânsito na Avenida de Berna estava condicionado na faixa da direita, no sentido em que ocorreu o acidente, e os bombeiros aguardavam a chegada de uma grua para remover a viatura da fachada do prédio.

Outras Notícias

Outros Conteúdos GMG