O Jogo ao Vivo

Lisboa

Trânsito reaberto na 25 de Abril após suspeita de bomba

Trânsito reaberto na 25 de Abril após suspeita de bomba

A ponte 25 de abril, em Lisboa, reabriu ao trânsito às 20:55 desta segunda-feira, depois de a polícia verificar no local que o embrulho encontrado não era um engenho explosivo, disse fonte da Direção Nacional da PSP.

No local, estiveram elementos da inativação de engenhos explosivos da PSP, os quais constataram que o embrulho não representava qualquer tipo de perigo, tendo a PSP reaberto o trânsito.

"A PSP vai investigar, para perceber como aquele embrulho foi lá colocado e com que propósito", disse fonte da PSP, salientando que o embrulho foi colocado numa zona onde as pessoas não podem circular a pé.

Segundo a mesma fonte, o embrulho, que levantou a suspeita, tinha cerca de 50 centímetros de diâmetro e estava envolto em plástico e fita isoladora.

A REFER confirmou também à agência Lusa que a circulação ferroviária foi restabelecida às 20:50.

Para escoar o trânsito acumulado, a Transtejo decidiu reforçar as ligações fluviais entre o Cais do Sodré, em Lisboa, e Cacilhas, a sul do Tejo, "enquanto for necessário", segundo afirmou uma responsável.

Embrulho suspeito

O trânsito em ambos os sentidos e a circulação de comboios tinham sido cortados cerca das 18.50 horas, revelou a Renascença, que indica que terá sido um condutor a fazer desencadear a operação.

Um carro terá sido visto a parar, tendo um dos ocupantes deixado o embrulho na ponte. O pacote que provocou a "suspeita de bomba estaria situado junto a um dos pilares norte, localizados na margem do rio junto à capital, disse à agência Lusa fonte policial.

Segundo a mesma fonte, o pacote que deu origem à "suspeita de bomba" estava localizado na torre 4 da ponte 25 de Abril, situada na margem do rio do lado da capital portuguesa.

A Direção-Nacional da PSP disse à Lusa que a ponte foi encerrada nos dois sentidos por "suspeita de bomba".

Outras Notícias

Outros Conteúdos GMG