"Descoloniza"

Vandalizada estátua do padre António Vieira em Lisboa

Vandalizada estátua do padre António Vieira em Lisboa

A estátua do padre António Vieira apareceu, na tarde desta quinta-feira, com a palavra "descoloniza" em tinta vermelha. Desconhecem-se até ao momento os autores do ato de vandalismo.

À semelhança do que tem acontecido em várias cidades dos Estados Unidos da América, onde uma série de estátuas têm sido alvo de vandalismo, em retaliação pela morte de George Floyd, a imagem do padre António Vieira surgiu, na tarde desta quinta-feira, com esta inscrição.

PUB

A estátua nasceu de um protocolo entre a Câmara Municipal de Lisboa e a Santa Casa da Misericórdia de Lisboa para a requalificação do Largo Trindade Coelho, ao Bairro Alto, em 2009.

Já em 2017 havia sido alvo de polémica quando foi anunciada para o local uma manifestação de protesto contra o monumento por parte de movimentos antirracistas, que gerou tensões por parte de elementos da extrema-direita.

O padre António Vieira (1608-1697) foi uma das mais influentes personagens do século XVII e destacou-se como missionário no Brasil, onde defendeu os direitos dos povos indígenas combatendo a sua exploração e escravização e fazendo a sua evangelização.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG