Acidente

"Pânico" em despiste de autocarro que causou 13 feridos em Camarate

"Pânico" em despiste de autocarro que causou 13 feridos em Camarate

Um autocarro da Rodoviária de Lisboa despistou-se em Camarate, esta quinta-feira de manhã. Há pelo menos 13 feridos, apesar do "pânico", todos leves.

O despiste ocorreu um um pouco antes das 8 horas da manhã desta quinta-feira, na rua do Campo do Rio, na Estrada Militar, em Camarate.

O autocarro, que transportava cerca de 50 pessoas, fazia a ligação entre Sacavém e Campo Grande, em Lisboa, quando se despistou para uma ribeira.

Em declarações aos jornalistas no local do acidente, o comandante dos Bombeiros Voluntários de Camarate, Luís Martins, confirmou 13 feridos, esclarecendo números diferentes que foram avançados pela manhã por várias entidades.

"São "13 vítimas, todos feridos leves", disse Luís Martis, elogiando o trabalho conjunto dos voluntários de Camarate de Sacavém, assim como do INEM e PSP.

Os bombeiros encontraram os feridos "em pânico" dentro do autocarro. "As nosas equipas estão treiandas para isto, conseguiram entrar, acalmar as pessoas e retirá-las pelo próprio pé", contou Luís Martins.

Os feridos foram encaminhados para os hospitais de Santa Maria e Santa Marta, em Lisboa, disse fonte dos Bombeiros de Camarate.

PUB

"Não existem detritos no paivmento, ou foi um problema mecânico ou a existência de alguns produtos no pavimento, que devido às chuvas desta noite vieram à superfície", disse Luís Martins, quando questionado sobre as possíveis causas do despiste. "A via não tem condições par andar em excesso de velocidade", argumentou.

Segundo o comandante dos Voluntários de Camarate, o sinistro mobilizou 26 operacionais dos bombeiros, de Camarate e Sacavém, quatro do INEM e duas equipas da PSP, com o apoio de 12 veículos, segundo fonte do CDOS.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG