Exclusivo

Família de bombeira que morreu em dia de folga pode não receber seguro

Família de bombeira que morreu em dia de folga pode não receber seguro

Seguro não costuma cobrir acidentes quando não acontecem em serviço. Associações vão dar apoios.

A família de Catarina Pedro, bombeira da corporação de Carnaxide que morreu atropelada quando assistia duas pessoas que tinham sofrido um acidente na A5, no fim de semana, poderá não ter direito a indemnização do seguro, já que estava de folga.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG