Oeiras

Isaltino à procura do nono mandato como presidente

Isaltino à procura do nono mandato como presidente

O atual presidente Isaltino Morais será candidato a um nono mandato à frente de um movimento independente. Foi pela primeira vez eleito em 1985, pelo PSD, tendo apenas interrompido esta função para ser Ministro das Cidades (2002 e 2005) e para cumprir um ano e dois meses de prisão por crimes de fraude fiscal qualificada e branqueamento de capitais (2013-2014). Foi eleito pelo PSD pela última vez em 2001 e, desde 2005, como independente, somando oito mandatos.

Para a árdua tarefa de tirar Isaltino do poder, o PSD aposta em Alexandre Poço. Líder da JSD, foi candidato à presidência da Junta de Freguesia de Porto Salvo.

Os socialistas escolheram Fernando Curto, desde 2001 presidente da Associação Nacional de Bombeiros Profissionais, mas que também já foi vereador, deputado municipal e presidente da Assembleia de Freguesia de Carnaxide.

O cabeça-de-lista do Chega é Rui Teixeira, atual presidente da União de Freguesias de Algés, Linda-a-Velha e Cruz-Quebrada/Dafundo, cargo para o qual foi eleito há quatro anos nas listas do movimento de cidadãos "Inovar Oeiras", de Isaltino Morais.

Ao contrário da maioria das autarquias da região de Lisboa, Oeiras só foi liderada pelo PS uma única vez: entre 1976 e 1979.

O Executivo é composto por seis elementos do movimento "Inovar Oeiras", de Isaltino Morais, dois do movimento independente "Oeiras Mais à Frente", um do PSD, um do PS e um da CDU.

PUB

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG