Exclusivo

Desempregados e com covid, casal e filhos têm um mês para deixar casa

Desempregados e com covid, casal e filhos têm um mês para deixar casa

Família guineense com cinco pessoas trocou habitação degradada em Lisboa por um apartamento em Sintra, que o senhorio quer agora reaver.

Sem meios financeiros devido ao desemprego de todos os elementos da família, três infetados (para já) com covid, dois dos quais com anteriores problemas graves de saúde, cinco pessoas enfrentam agora o drama de ficar sem teto, porque têm de entregar o apartamento onde viviam desde janeiro, em Rio de Mouro, no concelho de Sintra.

"É um pesadelo! Não durmo há muitas noites, porque não sei para onde podemos ir... não temos dinheiro". É com a voz embargada que Neusa Sá Dju, de 48 anos, guineense de nascimento, mas a viver em Portugal desde 2010, dá conta da situação dramática que a família está a viver.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG