Sintra

Idosos retirados de lar "ilegal" em Rio de Mouro

Idosos retirados de lar "ilegal" em Rio de Mouro

Um lar de idosos "ilegal" foi encerrado na terça-feira pela Segurança Social e pela PSP na freguesia de Rio de Mouro, no concelho de Sintra, adiantou esta quarta-feira ao JN fonte do Comando Metropolitano de Lisboa (Cometlis) daquela força policial.

No total, foram retirados das instalações 15 idosos, dos quais 13 foram encaminhados para casa de familiares. Os restantes foram transferidos para o hospital. Entre outras falhas detetadas, não estariam a receber os cuidados médicos de que necessitariam.

De acordo com a mesma fonte, o espaço - que não estaria licenciado - não tinha água quente.

A operação contou com a participação de técnicos da Segurança Social e de elementos da esquadra da PSP de Rio de Mouro.