Torres Vedras

Ex-ciclista Bruno Castanheira morreu de doença súbita aos 37 anos

Ex-ciclista Bruno Castanheira morreu de doença súbita aos 37 anos

Bruno Castanheira, ex-ciclista profissional, de 37 anos, morreu na manhã deste domingo, na sua casa em Casalinhos de Alfaia, concelho de Torres Vedras, vítima de doença súbita.

Segundo apurou o JN, Castanheira tinha chegado a casa pouco passava das 11,30 horas depois de ter deixado um amigo em Torres Vedras, após uma viagem de Caminha onde tinham estado a ajudar na organização de um evento velocipédico.

Castanheira terá tomado um banho, deitou-se para descansar, acabando por falecer e terá sido o filho, de 8 anos, que encontrou o pai já sem vida.

Bruno Castanheira, nasceu no Barreiro a 4 de Fevereiro de 1977, começou como ciclista profissional em 1998 com as cores da LA/ Pecol/ Malveira.

A primeira de seis vitórias aconteceu no Circuito da Malveira em 1978, tendo nesse mesmo ano envergado a camisola amarela da Volta a Portugal do Futuro, prova organizada pelo Jornal de Notícias.

Castanheira foi Campeão Nacional de Estrada em 2004, com as cores da Milaneza/ MSS, equipa da Maia. Terminou a carreira em 2009, ao serviço Barbot/ Gaia, tendo nos dois anos anteriores corrido no Benfica ao lado de Cândido Barbosa, que na quinta-feira tinha estado com Bruno numa amena conversa na Régua, antes da realização do evento desportivo e que "estava um homem muito feliz e divertido", rematou.

O jovem do Barreiro, nunca se desligou do ciclismo, tendo esta temporada auxiliado, como massagista, a equipa do Louletano/ Dunas Douradas, inclusive na Volta a Portugal que decorreu entre 30 de Julho e 10 de Agosto.

PUB

Bruno Castanheira era casado e deixa a mulher e um filho com 8 anos. O corpo foi removido ao final da tarde para o Instituto de Medica Legal, em Lisboa, onde será autopsiado.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG