Efeméride

Torres Vedras cria comissão para centenário do Carnaval

Torres Vedras cria comissão para centenário do Carnaval

Autarquia cria organismo que vai apresentar programa de comemorações durante um ano.

A Câmara de Torres Vedras aprovou ontem hoje a criação da comissão municipal responsável pelas comemorações do centenário do Carnaval, que vão realizar-se entre 17 de fevereiro de 2023 e 14 de fevereiro de 2024.

A comissão vai ser responsável por "apresentar o programa das comemorações, o modelo organizativo do evento e os recursos, humanos, materiais e financeiros, a mobilizar", lê-se na proposta aprovada pelo executivo municipal, a que a agência Lusa teve acesso.

Dela faz parte uma comissão executiva, constituída por responsáveis e técnicos municipais e que tem como competências apresentar à Câmara e executar o programa das comemorações e respetivo orçamento e coordenar grupos de trabalho, entre outras tarefas.

Está também prevista uma comissão consultiva, constituída por representantes das associações carnavalescas, das escolas e das instituições de solidariedade social, personalidades relevantes para o Carnaval e investigadores, para ajudar a comissão executiva.

Da comissão municipal, vai fazer ainda parte uma comissão de honra, para a qual vai ser endereçado convite ao presidente da República para a presidir.

A autarquia pretende que as comemorações do centenário "deixem uma marca para o futuro", mobilizem toda a sociedade local, desde os jovens aos mais idosos, e tenham dimensão nacional e internacional.

PUB

O programa das comemorações deverá ser conhecido até ao final deste ano.

Inscrito para património

Em março, o Carnaval de Torres Vedras foi inscrito no Património Cultural Imaterial Nacional, depois da candidatura apresentada em 2016 à Direção-Geral do Património Cultural.

São características deste Carnaval dois homens locais desempenharem os papéis de rei e rainha, a existência de uma "dinastia" dos títulos dos reis, as "matrafonas" (homens com roupas e acessórios habitualmente usados por mulheres) e as celebrações da chegada e entronização dos reis.

O Carnaval de Torres Vedras insere-se nas tradições do Entrudo português, cujas raízes remontam às festas pagãs relacionadas com as festas de inverno e com os cultos de fertilidade e da abundância no início da primavera.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG