Alentejo

Viaturas derrubam blocos de betão e há quem atravesse a fronteira a pé

Viaturas derrubam blocos de betão e há quem atravesse a fronteira a pé

A fronteira terrestre entre Portugal e Espanha está sob o olhar atento das autoridades dos dois países e com fortes restrições devido à propagação do novo coronavírus. No entanto, há quem continue a ignorar as medidas.

As imagens recolhidas pela Rádio Elvas mostram pessoas a atravessar a pé a fronteira do Retiro, entre Campo Maior e Badajoz. Numa das fotografias é possível ver duas pessoas a atravessar a fronteira, sem autoridades no local, e entrar num carro e seguir viagem em direção a Badajoz, em Espanha.

O mesmo se passa com as viaturas: há quem derrube os blocos em betão ou se desvie dos mesmos. Segundo a Rádio Elvas, os blocos são novamente colocados por funcionários da Câmara Municipal de Campo Maior, mas as prevaricações têm sido constantes.

O fecho das fronteiras entre Portugal e Espanha está em vigor desde as 23 horas de 16 de março, onde foram repostos controlos fronteiriços em nove pontos de passagem. Foram proibidas as viagens de lazer entre os dois países, sendo apenas autorizada a circulação de veículos de mercadorias, cidadãos espanhóis residentes em Portugal (ou vice-versa), pessoal diplomático e doentes que necessitem de cuidados de saúde.

Em dez dias, o Serviço de Estrangeiros e Fronteiras (SEF) impediu mais de 800 pessoas de entrar em Portugal.

Outras Notícias

Outros Conteúdos GMG