Incêndios

Marinha envia 58 fuzileiros para apoiar população em Nisa

Marinha envia 58 fuzileiros para apoiar população em Nisa

A Marinha enviou esta madrugada para Nisa, concelho de Portalegre, 58 fuzileiros e 14 viaturas para prestarem apoio à população atingida pelos incêndios e aos militares no terreno.

Os fuzileiros, pertencentes à Força de Reação Imediata, têm como "missão principal prestar apoio à população de Nisa, realizando ações de patrulha para a consolidação da extinção e vigilância ativa pós-rescaldo, em estreita colaboração com as corporações de bombeiros e meios da Proteção Civil no local", adianta a Marinha em comunicado.

Da parte da tarde juntar-se-ão mais militares da Marinha para apoio de serviços, nomeadamente uma cozinha de campanha e um posto avançado de saúde com uma equipa médica, para garantir a sustentação logística e o apoio médico dos militares no terreno.

No total, serão 70 militares da Marinha envolvidos nestas ações de apoio à Proteção Civil em Nisa.

Segundo a Marinha, esta ajuda surge no seguimento do apoio solicitado pela Autoridade Nacional da Proteção Civil (ANPC) às Forças Armadas.

O incêndio no concelho de Nisa, que deflagrou na terça-feira, estava às 12 horas deste sábado em fase de resolução, tendo no terreno 140 operacionais, apoiados por 39 veículos.

À mesma hora registavam-se 186 incêndios que estavam a ser combatidos por 1825 operacionais, apoiados por 621 meios terrestres e nove meios aéreos, de acordo com a página da Autoridade Nacional de Proteção Civil (ANPC).

Do total dos 186 incêndios, 138 estavam em curso, sete em resolução e 41 em conclusão, adianta a ANPC.