Covid-19

Nisa contesta números: situação "é bem mais grave"

Nisa contesta números: situação "é bem mais grave"

O município de Nisa, no distrito de Portalegre, contestou este domingo os números do relatório diário apresentado pela Unidade Local de Saúde do Norte Alentejano em relação à pandemia da covid-19 no concelho, alertado que a situação "é bem mais grave".

Numa nota publicada na sua página na rede social Facebook, o município de Nisa, liderado pela socialista Idalina Trindade, considera que o relatório epidemiológico da Unidade Local de Saúde do Norte Alentejano (ULSNA) publicado este domingo "não corresponde" à realidade.

"Existe a plena consciência da realidade que infelizmente afeta o concelho, a qual não corresponde à real situação sanitária covid retratada no boletim diário, pois a realidade é bem mais grave", lê-se na nota.

O boletim diário da ULSNA aponta para cinco casos ativos no concelho de Nisa.

A Câmara de Nisa lamenta o "destempo" da informação, garantindo que está a tomar medidas para "mitigar" a situação epidemiológica.

"No entanto são os dados oficiais reportados pela entidade de saúde distrital, lamentando-se o destempo da informação transferida", lê-se.

PUB

"Consciente do problema que é de todos, a Câmara Municipal de Nisa já se encontra a tomar e a operacionalizar medidas diversas no terreno, por forma a mitigar a situação de pandemia que vivemos", acrescenta.

Contactada pela Lusa, a ULSNA não quis reagir a esta situação apresentada pelo município de Nisa.

De acordo com o relatório publicado esta manhã pela ULSNA na sua página na Internet, o distrito de Portalegre registava 387 casos ativos, sendo a lista liderada pelo concelho de Portalegre, com 183 casos. Seguem-se Elvas, com 45 casos ativos, Ponte de Sor (29), Campo Maior (29), Arronches (25) e Monforte (15).

O concelho do Crato apresenta 15 casos ativos, Gavião 10, Sousel quatro, Avis sete, Alter do Chão, Marvão, Nisa e Fronteira cinco casos cada.

O concelho de Castelo de Vide não apresenta este domingo qualquer caso ativo.

No mesmo relatório, a ULSNA indica que foram feitos até hoje 23.535 testes de diagnóstico no distrito de Portalegre e que desde o começo da pandemia há registo de dois óbitos associados à covid-19.

Portugal registou 6.035 novos casos de infeção com o novo coronavírus e 76 mortes associadas à doença covid-19 nas últimas 24 horas, segundo o boletim da Direção-Geral da Saúde (DGS).

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG