Autárquicas

Deputado Hugo Carvalho é o candidato do PS à Câmara de Amarante

Deputado Hugo Carvalho é o candidato do PS à Câmara de Amarante

Hugo Carvalho, 33 anos, vai ser o candidato do Partido Socialista à Câmara Municipal de Amarante nas eleições autárquicas deste ano.

O nome de Hugo Carvalho para encabeçar a lista dos socialistas foi aprovado, no sábado, na reunião da Comissão Política Concelhia de Amarante do PS, com 29 votos a favor e 4 votos em branco.

Refira-se que em dezembro de 2020, o jornal "Público" noticiou que Francisco Assis, tido como uma espécie de "Alma mater" dos socialistas de Amarante, havia convidado a conterrânea Alexandra Beato, bastonária da Ordem dos Nutricionistas, para ser candidata do PS à autarquia amarantina. A bastonária nunca se pronunciou em público sobre o assunto. Aliás, o assunto foi digerido em silêncio pelos socialistas locais que agora aprovaram o nome de Hugo Carvalho.

No final da reunião da Comissão Política Concelhia, Hugo Carvalho manifestou-se muito "honrado com o voto de confiança dos militantes do Partido Socialista de Amarante", tendo afirmado que "o PS apresentar-se-á nas próximas eleições autárquicas com um projeto mobilizador, ambicioso e credível, aberto aos amarantinos e construído em proximidade com todos aqueles que queiram contribuir para o desenvolvimento do nosso concelho".

O candidato fala em "projeto ambicioso, construído a partir de ideias e assente em pilares de desenvolvimento que projetem Amarante no contexto regional e nacional".

Hugo Carvalho, de 33 anos, natural de Amarante, é engenheiro civil de formação e é atualmente deputado à Assembleia da República eleito pelo círculo eleitoral desde julho de 2017. É também presidente da Comissão Política Concelhia de Amarante do Partido Socialista desde 2018, tendo sido reeleito para um segundo mandato em 2020, encabeçando um processo de renovação do partido, após o PS não ter conseguido reaver a presidência da Câmara nas autárquicas de 2017. Em 2013 o PS perdeu a Câmara por 505 votos e quatro anos depois a diferença eleitoral entre socialistas e coligação de direita designada por "Afirmar Amarante" subiu para os 6002 votos.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG