Amarante

Bombeiros de Amarante resgatam dois cães de um poço

Bombeiros de Amarante resgatam dois cães de um poço

Dois cães de caça foram regatados do fundo de um poço, domingo, pelos bombeiros de Amarante. Os animais caíram numa mina abandonada.

O resgate ocorreu durante a tarde de domingo na freguesia de Rebordelo. Os animais, Bobby e Pulga, acompanhavam um grupo de caçadores daquela zona da serra do Marão, já numa zona de transição para o Alvão, tida por perigosa por existiram muitos poços abandonados.

Numa das batidas ao coelho, os cães caíram desamparados de uma altura de 20 metros, indo parar no fundo de uma mina sem água. Os animais ali permaneceram, toda a amanhã, desaparecidos dos donos.

Os caçadores acabariam por localiza-los cerca das 14 horas, através latido. Sem meios para os resgatarem, o grupo de caçadores teve de pedir auxilio aos Bombeiros de Amarante, que enviou para o local seis elementos da Equipa de Combate a Incêndios (ECIN).

Com uma escada, os voluntários liderados pelo adjunto Fausto, desceram ao fundo do poço e, um de cada vez, içaram o Bobby e a Pulga, que durante toda a operação se "mantiveram calmos".

Já à beira dos donos, o Bobby e a Pulga, extremamente magros, foram reconfortados pelos bombeiros com água e comida.