Tomada de posse

Presidente da Câmara de Gondomar diz que regionalização deve ser "desígnio nacional"

Marco Martins

Foto José Carmo / Global Imagens

Marco Martins, que tomou esta quarta-feira posse para o terceiro e último mandato como presidente da Câmara de Gondomar, considerou que a regionalização deve ser um "desígnio nacional".

"No que estiver ao meu alcance, tudo farei para que seja uma realidade nos próximos anos", afirmou o socialista, em sintonia com outros autarcas do partido, como Eduardo Vítor Rodrigues (Gaia) e Luísa Salgueiro (Matosinhos). Para Marco Martins, a regionalização permite "aproximar a decisão das regiões", "o acesso aos órgãos de poder" e "que a gestão possa ser feita por quem conhece melhor" as realidades locais.

Fixar população

"Queremos mesmo fazer a diferença na vida das pessoas, atraindo para Gondomar novos públicos e fixando população. Temos também a obrigação de mostrar que Gondomar está ao nível dos melhores na Área Metropolitana, e que é um concelho do primeiro anel", destacou Marco Martins, no seu discurso. Para um mandato em que contará com sete vereadores (reforçou a maioria), optou por trocar os pelouros dos autarcas.

Assim, Aurora Vieira, até aqui vereadora da Educação, vai ter a seu cargo o Atendimento Municipal e Modernização Administrativa. Já o vice-presidente, Luís Filipe Araújo, "herda" a Educação.

Cláudia Vieira passa a ser adjunta do presidente para a Gestão do Território e Planeamento Estratégico, enquanto Sandra Almeida, que tinha o Desporto, vai passar a dedicar-se ao Turismo e ao Património. A estreante Ana Luísa Gomes acolhe os Recursos Humanos e o Ambiente, e José Fernando Moreira passa a ser responsável pelo Desporto e Habitação Pública.

Já o presidente, além da Proteção Civil e Planeamento Estratégico e Estratégia Local de Habitação, fica responsável pelo "megapelouro"de Gestão do Território, que junta Planeamento, Urbanismo e Obras Municipais.

Marco Martins comentou ao JN que "a mudança permite uma nova visão, um outro olhar sobre cada área e novas formas de abordagem"