Fogo

Eletricidade reposta a 100% em Jovim após incêndio em fábrica de móveis

Eletricidade reposta a 100% em Jovim após incêndio em fábrica de móveis

O incêndio que deflagrou esta quarta-feira de manhã numa fábrica de móveis em Jovim, Gondomar, deixou 800 pessoas sem eletricidade. Os serviços foram repostos a meio da tarde.

"A situação está totalmente resolvida. Tinha sido cortado por questões de precaução e porque o sistema é automático e dispara nestes casos, mas neste momento as informações de que dispomos é de que foi reposto a 100%", disse o presidente da Câmara de Gondomar, Marco Martins.

Quanto ao incêndio, o segundo comandante dos Bombeiros Voluntários de Gondomar, Fernando Tavares, apontou, cerca das 11.30 horas, que este tinha entrado em fase de rescaldo, adivinhando "um período longo de trabalhos".

"Só no final do dia é que os trabalhos estarão terminados. A nossa preocupação foi que o fogo não chegasse às fábricas e casas vizinhas. Fizemos um combate musculado e não há feridos a registar, apenas danos materiais", disse.

Em causa uma ocorrência na Travessa Trás da Serra em Jovim, Gondomar, no distrito do Porto, cujo alerta foi dado às 08:24.

Cerca das 10:20 o fogo foi dado como dominado.

De acordo com informações recolhidas no local, a fábrica de mobiliário escolar e de escritório emprega 16 pessoas, mas tem outras indústrias no concelho, pelo que não terá de parar.

"Os postos de trabalho não estão em causa", assegurou Marco Martins, que falou esta manhã com o proprietário da fábrica.

O incêndio ter-se-á iniciado na zona de produção e os danos reportam ao armazém, nomeadamente estrutura e telhado.

Outras Notícias