Quadra festiva

Gondomar duplica investimento nas luzes de Natal

Gondomar duplica investimento nas luzes de Natal

A Câmara de Gondomar reforçou a iluminação de Natal para "privilegiar as zonas de maior comércio" como forma de "compensar e dinamizar" a economia local que tem sido "penalizada" com a pandemia da covid-19.

"Este ano, o Município quase duplicou o investimento em iluminação de Natal face ao ano anterior, com o objetivo de estender as luzes de Natal a outras artérias do concelho", lê-se em comunicado. Em 2019, a Autarquia gastou o 86 mil euros, sendo que neste ano investiu mais 70 mil.

O objetivo da redistribuição das iluminações é "privilegiar as zonas de maior comércio" devido "à preocupação com a atual crise pandémica e o que ela representa para a economia local".

"Graças a esta redistribuição da iluminação natalícia, ruas que não tiveram iluminação em anos anteriores passam a estar iluminadas em 2020, a somar ao reforço de elementos decorativos iluminados em várias praças do concelho. [A aposta é] na esperança de que este esforço dinamize o comércio tradicional do concelho, ao tornar mais apelativa a experiência de compra, e reforce o espírito natalício em Gondomar, face às restrições decretadas pelo Governo", acrescenta a autarquia.

Em sentido inverso, a Câmara de Gondomar anuncia a suspensão da animação de rua, mas recorda que foram lançadas as campanhas "Neste Natal, Compre + Local" e "Natal Solidário" que visam "um incentivo para a aquisição de produtos no comércio tradicional".

Uma das campanhas, a "Natal Solidário", traduz-se na atribuição de um cabaz de Natal às famílias que estejam "em situação de maior fragilidade".

Os agregados familiares podem candidatar-se a vales para a aquisição de géneros alimentares que terão de ser descontados nos estabelecimentos comerciais locais aderentes.

PUB

Já a campanha "Compre + Local", iniciativa que "visa fomentar o comércio local na época natalícia e para a qual foram disponibilizados 270 mil euros, espera revitalizar e dinamizar o comércio do concelho, num ano particularmente difícil".

Soma-se, como medidas de apoio à economia local, a suspensão do pagamento dos parquímetros.

"Este ano, a celebração do Natal reveste-se de uma particular relevância, numa altura em que se pretende reforçar a mensagem de esperança e de ânimo, para a comunidade gondomarense em geral, e de uma maior resiliência para os nossos pequenos e médios empresários", termina o comunicado.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG