Acidente

Jipe cai em ravina e faz um morto e três feridos graves em Gondomar

Jipe cai em ravina e faz um morto e três feridos graves em Gondomar

Uma pessoa morreu e três ficaram feridas com gravidade, este domingo à tarde, quando o jipe em que seguiam caiu numa ravina junto ao rio Ferreira, em São Pedro da Cova, Gondomar. Seria um grupo de amigos, com idades entre os 20 e os 30 anos, e estariam a praticar atividades de todo-o-terreno.

Um passeio de domingo à tarde para praticar todo-o-terreno junto ao rio Ferreira, em S. Pedro da Cova, Gondomar, - algo habitual naquela zona -, acabou em tragédia. Uma pessoa morreu depois de um jipe ter caído por uma ravina, consequência de um despiste. Os restantes três ocupantes do carro ficaram gravemente feridos, e foram transportados para o Hospital de S. João e Santo António, ambos no Porto. De acordo com testemunhas no local, o veículo ter-se-á despistado num monte bastante utilizado por aficionados de todo-o-terreno.

Acrescentaram ainda, sem se quererem identificar, que o local em questão "não é dos mais perigosos". Os praticantes daquela atividade, presentes no local após o acidente, atribuem o nome de "gasoduto" ao monte onde o jipe se despistou. O veículo acabou por capotar junto à margem direita do rio Ferreira e já foi retirado do local.

Com experiência

Algumas das testemunhas ouvidas pelo JN no local, que conheceriam as vítimas envolvidas no acidente, disseram que o condutor do veículo teria experiência na atividade, tendo já feito aquele percurso de todo-o-terreno várias vezes.

As mesmas testemunhas acrescentaram, ainda, que no mesmo dia de manhã, um grupo de aficionados se reuniu no local para percorrer os mesmos trilhos e tudo correu bem.

Como justificação para o acidente, apontam uma possível falha mecânica, descartando a hipótese de inexperiência ou possível descuido por parte do condutor, que terá sobrevivido ao acidente.

De acordo com o comandante dos Bombeiros Voluntários de S. Pedro da Cova, a GNR esteve a recolher indícios de prova para apurar as causas do acidente. No local também estiveram elementos da Proteção Civil e o presidente da Câmara de Gondomar, Marco Martins.