Gondomar

Mais de 20 idosos infetados em lar ilegal de Valbom vão para hospital

Mais de 20 idosos infetados em lar ilegal de Valbom vão para hospital

Os 24 idosos que testaram positivo à covid-19 e se mantêm no lar ilegal de Gondomar fechado coercivamente estão a ser, esta quinta-feira, transferidos para o Hospital Fernando Pessoa.

A operação foi acompanhada pela Proteção Civil de Gondomar, bem como pela Polícia Municipal, Segurança Social e Delegação de Saúde local.

De acordo com fonte da câmara de Gondomar, em declarações à Lusa, os idosos "mantêm-se estáveis" e a transferência, com início marcado para as 14 horas, "deverá demorar algumas horas".

O Hospital Fernando Pessoa é uma unidade hospitalar privada localizada em Gondomar e os custos da operação serão assumidos "numa primeira fase" pela autarquia.

Em causa está o lar ilegal Paródias e Ternuras localizado em Valbom, concelho de Gondomar, onde foram detetados 24 casos covid-19 entre idosos e onde já se registaram duas mortes.

Somam-se mais oito casos de infeção de funcionários e o da diretora do lar, todos a fazer isolamento em casa.

PUB

Na quarta-feira, em declarações aos jornalistas, o presidente da câmara de Gondomar, Marco Martins anunciou que este lar seria encerrado coercivamente. "Foram repetidos os testes e apenas cinco [idosos] continuam a testar negativo. Também a proprietária, que era quem estava a gerir o lar, está infetada. Logo, o lar está sem gestão. Hoje de manhã [quarta-feira], a Comissão Municipal de Proteção Civil reuniu e foi decidido encerrar coercivamente o lar", informou.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG