Coronavírus

Polícias estagiários de Gondomar ajudam munícipes em linha sobre Covid-19

Polícias estagiários de Gondomar ajudam munícipes em linha sobre Covid-19

A Câmara de Gondomar lança esta sexta-feira, a partir das sete horas, uma linha de apoio ao munícipe devido à Covid-19, em que o atendimento será realizado por 29 estagiários da Polícia Municipal. Com ajuda de técnicos na área da coesão social, vão responder às mais variadas dúvidas, por exemplo sobre restrições, funcionamento de serviços e mesmo recolha do lixo.

Através da linha "Gondomar Protege Covid 19", que estará a funcionar todos os dias das sete à meia-noite com os números 220188200 e 220188210, os gondomarenses podem pedir, entre outros, esclarecimentos sobre o funcionamento de centros de saúde, farmácias e supermercados, e apoios no caso de não terem como sair; sobre as regras do estado de emergência; recolha de lixo, águas residuais e eletrodomésticos; e quanto à emissão de licenças e realização de eventos. Esta linha não serve para questões específicas de saúde.

Outras perguntas previstas prendem-se com a utilização dos serviços da Autarquia, apresentação ou levantamento de documentos, pagamento de taxas e rendas, quando a Autarquia já anunciou a suspensão por três meses do pagamento nas habitações sociais.

A linha é também dedicada aos munícipes que estão em situação de isolamento ou de maior fragilidade social.

Sintomas é com a linha SNS24

A Autarquia elaborou uma lista com as questões esperadas, que vão desde as mais simples do quotidiano, como se é possível passear o cão na rua ou quais as regras de higiene devido à Covid-19, às mais complexas, incluindo sobre medicamentos ou sobre como proceder em caso de sintomas suspeitos. Neste caso, será pedido aos gondomarenses que liguem para a linha SNS24, por serem questões sobre saúde, dúvidas clínicas e sintomas. No concelho, são referidos 15 casos de pessoas infetadas.

Há três semanas, a Câmara recrutou 29 polícias municipais cuja formação foi suspensa devido à Covid-19. Por isso, a Autarquia decidiu aproveitar esses recursos humanos para operacionalizar a nova linha, tendo como objetivo estender também este atendimento a questões gerais. Será operada pelos polícias estagiários sempre com apoio presencial de técnicos do departamento de coesão social do Município.

Durante a noite de quarta-feira e a manhã desta quinta-feira, foi montada a estrutura e só durante a tarde foram chamados para uma formação de urgência. Estarão na linha em rotatividade.

Levantamento da situação e apoio no terreno

A Câmara pretende também recolher dados dos agregados que ou estão isolados, ou estão de quarentena sem outro tipo de retaguarda, ou precisam de apoio social, para depois, durante a próxima semana, com uma vasta operação coordenada pela Câmara e executada pelos parceiros da rede social, responder às necessidades.

A estratégia inclui já o levantamento em curso da situação junto dos cerca de 18.500 idosos do concelho integrados no programa municipal Idade d'Ouro e a operação que será lançada no terreno, com juntas e instituições particulares de solidariedade social (IPSS), prevê apoio para compras de bens essenciais, de medicamentos ou mesmo na recolha do lixo.

Outras Notícias

Outros Conteúdos GMG