O Jogo ao Vivo

Autárquicas

PS recandidata Marco Martins à Câmara de Gondomar

PS recandidata Marco Martins à Câmara de Gondomar

O presidente da Câmara de Gondomar, Marco Martins, é o candidato do PS às eleições autárquicas deste ano, revelou o próprio, que concorre assim a um terceiro mandato.

"O objetivo é concluir o trabalho do ciclo iniciado em 2013 em Gondomar, lançar ou relançar e acompanhar projetos emblemáticos para o concelho", disse à agência Lusa Marco Martins.

O nome do atual autarca de Gondomar foi aprovado por unanimidade na segunda-feira à noite pela concelhia PS de Gondomar, no distrito do Porto.

"Continuar a rede de parques urbanos" ou "tentar fixar mais jovens no concelho e mais investimento" são "apostas" da candidatura socialista de Marco Martins, disse, enumerando como "prioridades" a habitação acessível no âmbito do programa 1.º Direito ou os projetos de ampliação das zonas de redes industriais.

"A área da reabilitação urbana também é muito importante, bem como concluir vias rodoviárias estruturantes ou acompanhar a construção da linha de metro Dragão-Souto, que já está definida e foi uma importante conquista para Gondomar", acrescentou o candidato.

Marco Martins enumerou ainda projetos que considera "emblemáticos" para o concelho como a recuperação do Cavalete do Poço de São Vicente, em São Pedro da Cova, ou a antiga Central de Captação de Água da Foz do Sousa, bem como o prolongamento da Polis.

A Câmara de Gondomar é liderada por maioria pelo PS que, em 2017, elegeu seis vereadores, aos quais se somam dois eleitos pelo movimento independente de Valentim Loureiro, dois da CDU e um do PSD.

PUB

São já conhecidos como candidatos à presidência da Câmara de Gondomar o líder da Confederação Nacional das Associações de Pais (CONFAP), Jorge Ascenção, pelo PSD, bem como a professora Cristina Coelho, pela CDU.

As eleições autárquicas têm de ser marcadas pelo Governo para entre 22 de setembro e 14 de outubro.

Em Portugal há 308 municípios (278 no continente, 19 nos Açores e 11 na Madeira), e 3.092 juntas de freguesia (2.882 no continente, 156 nos Açores e 54 na Madeira).

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG