Maia

GNR trata atropelamento em corrida ilegal como "acidente de viação"

GNR trata atropelamento em corrida ilegal como "acidente de viação"

Um jovem de 25 anos ficou em estado crítico, na madrugada deste sábado, após ser atropelado por um carro que participava numa corrida ilegal em Vilar de Luz, na Maia.

O acidente ocorreu pouco após as 00.30 horas, no túnel que fica junto ao aeródromo e onde, segundo apurou o JN, se encontravam várias pessoas a assistir à corrida. A vítima acabaria por ser projetada para o exterior do túnel.

Ao JN, o oficial de Relações Públicas do Comando do Porto da GNR esclareceu, contudo, que o atropelamento foi tratado apenas como "um acidente de viação", e não como consequência da realização de uma corrida ilegal na zona, que está referenciada pelas autoridades por ser frequentemente palco desses eventos.

"A informação que prestaram às forças de segurança foi essa. Não havia nada que apontasse para uma corrida ilegal. Se houvesse, teriam sido tomadas outras diligências", afirmou o capitão Rui Ferreira, sublinhando, no entanto, que esse cenário "não está posto de parte" e que, se vier a verificar-se, será efetuada a devida investigação.

Num vídeo do atropelamento, a que o JN teve acesso, vê-se que que há várias pessoas no interior do túnel, algumas a filmar os carros a arrancar ou a passar a grande velocidade.

É percetível, nas imagens, que uma pessoa é atingida por um veículo a alta velocidade, tendo sido projetada no ar, mas dada a violência do acidente, o JN optou por não publicar o vídeo.

No socorro estiveram os Bombeiros Voluntários de Santo Tirso e as equipas da Viatura Médica de Emergência e Reanimação (VMER) do Hospital de S. João e da ambulância de Suporte Imediato de Vida (SIV) de Santo Tirso.

A vítima foi transportada pelos bombeiros para o Hospital de S. João, no Porto, com acompanhamento médico.

Outras Notícias