Exclusivo

Atual vereador da Maia reclamou comissões a construtora por obras públicas

Atual vereador da Maia reclamou comissões a construtora por obras públicas

José Francisco Vieira de Carvalho exigiu 361 mil euros, mas Relação do Porto obrigou-o a devolver três mil euros em acerto de contas. Atual vereador da Maia cobrava por angariar obras.

José Francisco Vieira de Carvalho, atual vereador da Câmara da Maia, reclamou em tribunal mais de 361 mil euros por ter angariado obras, duas delas que até foram a concurso público, para uma construtora. Mas o Tribunal Cível do Porto, que qualificou a atuação do político como próxima do tráfico de influência, obrigou-o a devolver mais de três mil euros aos empreiteiros, depois de estes lhe terem pago, ao longo dos anos, centenas de milhares de euros. O Tribunal da Relação do Porto confirmou a decisão.

A empresa de consultadoria Yorkdream, detida por José Francisco Vieira de Carvalho, celebrou em 2012 - altura em que o político ainda não era vereador - um acordo de colaboração com a construtora Lúcios. O objetivo era angariar oportunidades de negócios junto de entidades públicas e privadas. E as partes estabeleceram uma tabela de comissões para remunerar José Francisco Vieira de Carvalho por cada obra: 7% para adjudicações até 100 mil euros; e 3% nas obras acima de um milhão.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG