Exclusivo

Casal vive há um mês debaixo de viaduto na Maia

Casal vive há um mês debaixo de viaduto na Maia

Tem recusado propostas da Câmara e da Segurança Social. Moradores ajudam com alimentos e agasalhos.

Os dias de Maria do Céu Tiago e Abílio Ferreira são passados a olhar os carros que atravessam a estrada por baixo do viaduto onde vivem na Maia. Ela tem 55 anos, ele menos cinco. São um casal e estão sem abrigo há cerca de um mês, altura em que tiveram de deixar uma casa abandonada, sem luz nem água quente, que ocuparam mais de um ano. Sobrevivem com o apoio da vizinhança que lhes dá refeições e agasalhos. "Estamos muito agradecidos", ressalva Abílio Ferreira. A Câmara da Maia e a Segurança Social têm procurado ajudar, propondo mesmo alternativas, que têm sido recusadas.

O casal pede "uma casa para poder viver e construir vida". Maria do Céu Tiago diz ter feito um pedido de habitação social à Câmara da Maia e ter enviado duas cartas a pedir ajuda à Autarquia. Sem emprego, o rendimento social de inserção (RSI) não lhes permite pagar uma renda. "É tudo a 300 e a 450 euros. Não se pode", lamentou Abílio.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG