Premium

"Excesso de portagens" lança o caos no trânsito da Maia

"Excesso de portagens" lança o caos no trânsito da Maia

"Às vezes, apetece-me encostar o carro e seguir viagem de metro". O desabafo é de Nuno Ferreira, que faz distribuição em vários pontos da Maia. A EN14, que dá acesso à zona industrial e ao Instituto Universitário da Maia, faz parte da sua rota.

É um ponto de passagem obrigatória e, devido ao trânsito intenso, também de paragem. O tormento do pára-arranca adensa-se ao final do dia, com o regresso a casa.

"É terrível. Parece que os carros nascem na estrada", disse Nuno, que para percorrer 11 quilómetros pela EN14, entre Maia e Matosinhos, onde vive, já chegou a demorar duas horas.

Outras Notícias

Outros Conteúdos GMG