Covid-19

Maia abre centro de acolhimento para idosos não infetados e sem retaguarda familiar

Maia abre centro de acolhimento para idosos não infetados e sem retaguarda familiar

A Câmara da Maia prepara-se para abrir um Centro de Acolhimento Covid Negativo com 150 camas. O objetivo é acolher temporariamente idosos não infetados pelo novo coronavírus sem retaguarda familiar.

O serviço está a ser instalado na Escola EB 2,3 de Gueifães e a admissão de utentes depende da respetiva sinalização pelas equipas clínicas e sociais dos centros hospitalares e lares.

O centro arrancou esta quinta-feira em fase de formação com a presença das equipas multidisciplinares. "A partir de segunda-feira, dia 13 de abril, estará preparado para acolher a população referenciada", esclarece a Autarquia.

A estrutura, acrescenta ainda a Câmara da Maia, "tem por objetivo garantir assistência a um grupo sem retaguarda familiar e/ou institucional imediata, prevendo a prestação de um conjunto de atividades da vida diária bem como a manutenção de Cuidados de saúde".

O contacto com o centro deverá ser realizado através do endereço: zcapmaia@gmail.com.

Outras Notícias

Outros Conteúdos GMG