Autarquia

Maia aprova maior orçamento municipal de sempre de 132 milhões de euros

Maia aprova maior orçamento municipal de sempre de 132 milhões de euros

O orçamento municipal da Maia para o próximo ano foi aprovado por maioria, esta quarta-feira, no valor de 132,77 milhões de euros, apresentando uma subida de 7,8 milhões a mais comparativamente com o ano de 2022. É o maior orçamento de sempre, com um crescimento pelo segundo ano consecutivo.

A maior fatia do documento destina-se às funções sociais, representando 50,4% do total, prevendo-se que sejam destinados 66,91 milhões de euros à Educação, a Saúde, a Ação Social, e à Habitação.


Do orçamento, 44,1 milhões destinam-se ao investimento. Segundo o presidente da Câmara Municipal da Maia, António Silva Tiago, o valor "é bem expressivo e só é possível pois o quadro financeiro em que nos movemos é extremamente saudável, em que, nomeadamente, a dívida total de situa em níveis particularmente baixos".

PUB


O investimento deverá incidir a Empresa Metropolitana de Estacionamento da Maia, os Serviços Municipalizados de Águas e Saneamento, a Maiambiente, a Espaço Municipal e a Fundação Conservatório de Música da Maia.


"A Educação, para nós continua a ser um desígnio coletivo estratégico, consideramos que a educação constitui um fator crítico para o sucesso das novas e vindouras gerações de maiatas e maiatos, razão pela qual continuamos a investir fortemente na formação e capacitação das nossas crianças e jovens, para que tenham um futuro de confiança, numa Maia onde todos contam e são importantes. É por tudo isto que na nossa visão, a educação é inclusiva, equitativa e humanista", explicou o presidente da Câmara da Maia.

No que alude à Habitação Acessível a autarquia vai dar início a um novo e vasto programa de construção ou de aquisição de fogos ao abrigo do Acordo de Colaboração celebrado com o Instituto da Habitação e Reabilitação Urbana (IHRU), no âmbito do Programa de Apoio ao Acesso à Habitação - "1º Direito".


Aos Transportes e Comunicações dizem respeito 15,96 milhões, 12% do orçamento. Deste valor, a Rede Viária absorve 7,35 milhões, representando um grande esforço de beneficiação das vias municipais, novos pisos e retificações de perfis transversais.


Para a Mobilidade Sustentável destinam-se 4,52 milhões. São intervenções urbanas de "Modos Suaves", nos Núcleos Urbanos do Município, com vista a permitir a sua fruição. Isto para além da criação de novos modelos de transportes, novas carreiras e novas linhas de transportes públicos para que as pessoas possam gerir o seu tempo e a sua mobilidade em função das suas necessidades.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG