Covid-19

Maia quer instalar centro de rastreio no Estádio Municipal

Maia quer instalar centro de rastreio no Estádio Municipal

A Câmara da Maia quer instalar um centro de rastreio do novo coronavírus no Estádio Municipal, estando a aguardar o aval da Direção-Geral da Saúde para avançar com a implementação da medida.

De acordo com a Autarquia, a criação do centro de rastreio para a Covid-19 está a ser articulada com o Agrupamento de Centros de Saúde Maia-Valongo e com a Autoridade Local de Saúde. Conta ainda com o apoio da Bial.

"Já concertámos com todas as entidades e estamos prontos a avançar. Mal tenhamos o aval da Direção Geral de Saúde pomos o centro de rastreio operacional, pelo que apelo a uma rápida decisão por parte da DGS", afirmou António Silva Tiago, presidente da Câmara da Maia.

Em comunicado, a Câmara da Maia avança também com a criação de uma "reserva estratégica de máscaras e demais equipamento de proteção individual para responder às necessidades dos serviços essenciais do universo municipal e das forças de socorro e segurança".

No Porto, o centro de rastreio abriu portas esta quarta-feira. Com o objetivo testar doentes fora de meio hospitalar e aliviar o afluxo de casos suspeitos aos hospitais, a Unilabs, a Câmara do Porto e a Administração de Saúde do Norte uniram forças e montaram um centro de testes no recinto do Queimódromo.

PUB

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG