Exclusivo

Rotas internacionais de refugiados confluem em Águas Santas

Rotas internacionais de refugiados confluem em Águas Santas

De Sialkot, lá do extremo oriente do Paquistão, bem encostado à China, a Águas Santas vão quase dez mil quilómetros em voo de pássaro. Mas não foi num livre bater de asas que Zayed chegou ao recolhimento de refugiados dos Missionários da Consolata.

Além do paquistanês de 19 anos, oriundo do Punjab budista, contam-se na congregação cristã da Maia mais 21 histórias dramáticas destes viajantes forçados, na confluência das grandes rotas de fuga às misérias e violências do Mundo, da Ásia à África subsariana, das mais diversas origens, culturas e religiões.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG