O Jogo ao Vivo

Maia

Vigília "pelos animais abatidos" é na sexta-feira

Vigília "pelos animais abatidos" é na sexta-feira

O alerta está a circular há dias na rede social Facebook: na sexta-feira e no sábado, mais duas centenas de pessoas vão juntar-se numa vigília, das 18 às 22 horas, em frente à Câmara da Maia, "contra os maus-tratos aos animais praticados no Centro Municipal de Recolha Oficial de Animais de Companhia da Maia".

Segundo explicam, a vigília "pretende alertar o Executivo camarário para a urgência na alteração das politicas existentes no canil municipal", nomeadamente "minimizar o abate apenas para as situações de sofrimento prolongado", adotar "uma política generalizada de esterilização e permitir uma maior abertura à comunidade de forma a que haja voluntariado, visitas, adoções responsáveis e campanhas de sensibilização".

O veterinário municipal da Maia, Fernando Rodrigues, rejeita as acusações e justifica que o "timing de oito dias que o dono tem para reclamar o animal é, na maioria das vezes, ultrapassado", só admitindo o abate "em situações de cães perigosos ou de doenças incuráveis".

Do mesmo modo, o veterinário referiu que o centro de recolha tem uma parceria com a associação CãoViver, o que permite que "os animais sejam passeados por voluntários". Já para as esterilizações, o centro vai estabelecer parcerias com três clínicas.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG