O Jogo ao Vivo

Matosinhos

Capitania do porto de Leixões socorre pescadores de embarcação a naufragar

Capitania do porto de Leixões socorre pescadores de embarcação a naufragar

A Capitania do Porto de Leixões resgatou, esta terça-feira, os dois tripulantes de uma embarcação de pesca que estava a naufragar a uma milha de Leça da Palmeira, tendo um dos pescadores sido transportado para o hospital por hipotermia.

Durante a manhã desta terça-feira, o Centro Coordenador de Busca e Salvamento Marítimo de Lisboa (MRCC-Lisboa) em coordenação com a Capitania do Porto de Leixões, conduziu a ação de salvamento dos dois tripulantes de uma embarcação de pesca em situação de naufrágio, junto à praia do "Cabo do Mundo" - Leça da Palmeira, anunciou a Marinha ao final da tarde desta terça-feira.

Cerca das 9.30 horas, o MRCC-Lisboa recebeu um pedido de socorro da embarcação de pesca "Golfinho", a afundar a cerca de uma milha naútica da costa, em frente à praia "Cabo do Mundo", com dois tripulantes a bordo, tendo sido de imediato acionados os meios de socorro.

Na altura do acidente, a embarcação encontrava-se em faina, próxima da zona de rebentação, quando um golpe de mar inundou e afundou por completo a popa.

Um dos tripulantes, com 58 anos de idade, foi resgatado na zona de rebentação por agentes da Polícia Marítima em situação de hipotermia, tendo sido assistido no local pelo INEM e encaminhado para o Hospital Pedro Hispano.

O segundo tripulante, com 34 anos de idade, foi resgatado pela lancha do Instituto de Socorros a Náufragos da Estação Salva-Vidas (ESV) de Leixões, sem qualquer necessidade de assistência.

No momento do incidente e resgate, ambos os tripulantes tinham envergado o colete salva-vidas; uma situação que "vem reforçar a importância vital do uso do colete de salvação, tendo a sua utilização permitido a sobrevivência dos dois náufragos até à chegada das equipas de socorro", refere a Marinha Portuguesa em comunicado divulgado através da sua página de Internet.

PUB

Durante o trânsito para o local do naufrágio, e devido ao estado do mar, um dos tripulantes da lancha da ESV de Leixões sofreu uma queda que resultou na fratura do membro inferior direito.

A embarcação, semi-afundada, foi posteriormente rebocada pela lancha da ESV de Leixões, "Duque da Ribeira", para o porto de pesca de Matosinhos.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG