O Jogo ao Vivo

Matosinhos

Confrontos físicos em jantar comemorativo do presidente da Câmara de Matosinhos

Confrontos físicos em jantar comemorativo do presidente da Câmara de Matosinhos

O presidente da Câmara de Matosinhos reiterou sexta-feira, no jantar de comemoração dos sete anos de mandato, a disponibilidade para se recandidatar à autarquia em 2013, sessão que foi interrompida por confrontos físicos.

O discurso de Guilherme Pinto foi interrompido durante alguns momentos devido a um desacato que terá começado quando um repórter de imagem levou um "encontrão", tendo depois gerado momentos de tensão, que terminaram em confrontos físicos e verbais e na sequência dos quais uma mulher sentiu-se mal, tendo acabado por desmaiar e sido depois assistida já fora da sala do jantar.

"Esta noite, apesar destes incidentes, foi uma grande noite. Eu quero-vos dizer que eu, que cheguei a presidente da Câmara com a humildade de ter sido solicitado a representar o meu partido, que estou disponível.

Naquele que definiu como sendo o "jantar da determinação, da confiança e do futuro", Guilherme Pinto foi perentório: "sei que se tiver a vossa confiança, se tiver a confiança da comunidade de Matosinhos , sei que se tiver o apoio dos matosinhenses eu não irei parar".

Em declarações aos jornalistas no final do discurso, o socialista reafirmou a sua disponibilidade, considerando que não vê "neste momento no horizonte quem seja capaz de estar à altura dos destinos de Matosinhos ".

Quando questionado se estaria disponível para avançar como independente, Guilherme Pinto disse apenas: "a minha comunidade é que vai dizer qual é o meu destino".

PUB

"O meu partido ainda não apresentou o candidato. Acho que a comissão política concelhia, por cerca de 20 votos, aprovou um candidato. Eu tenho os milhares de votos dos cidadãos", enfatizou, referindo-se ao facto do presidente da junta de freguesia de Matosinhos , António Parada, ter sido aprovado como candidato à Câmara de Matosinhos em 2013 em reunião da comissão política concelhia do PS/ Matosinhos .

Perante a insistência dos jornalistas, o autarca disse sublinhou: "eu trabalho como presidente da câmara todos os dias, trabalho empenhadamente, com grande entusiasmo e aguardo cada passo. Há de haver um momento em que o partido há de entronizar um candidato e nessa altura eu saberei o que é que o partido escolheu e saberei fazer a minha avaliação".

O jantar comemorativo dos sete anos de Guilherme Pinto à frente da Câmara de Matosinhos decorreu no Pavilhão de Desportos e Congressos e juntou mais de 1.500 pessoas, estando entre os presentes os deputados socialistas José Lello, Isabel Santos e Renato Sampaio.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG