Exclusivo

Despoluição do rio Leça terá apoio de quatro milhões de euros

Despoluição do rio Leça terá apoio de quatro milhões de euros

Até ao final deste ano deve arrancar a operação de despoluição do rio Leça, tendo como base um financiamento de quatro milhões de euros de fundos comunitários, garantiu o vice-presidente da Agência Portuguesa do Ambiente, Pimenta Machado.

Um trabalho que passará por "remover espécies vegetantes, retirar todo o lixo que existe, como plástico e pneus, melhorar as condições de drenagem, desassorear aqui e acolá, cuidar das margens mais erodidas, para tentar recuperar o melhor possível a qualidade da água", explicou o vice-presidente da Agência Portuguesa do Ambiente, este sábado, à margem da inauguração da primeira fase do Corredor Verde do Leça, entre o Parque das Varas, em Leça do Balio e a Ponte de Moreira, na Maia, e que contou com a presença do ministro do Ambiente, Duarte Cordeiro, e dos presidentes de Câmara de Matosinhos, Maia, Santo Tirso e Valongo.

De acordo com Pimenta Machado "o projeto está feito", estando agora a "prepara-se o lançamento dos concursos, para começar o mais rápido possível", até porque "os quatro milhões de euros financiados a 100% têm de ser investidos até o final de 2023".

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG