Ambiente

Fogo em fábrica de tintas causa foco de poluição em cinco praias de Matosinhos

Fogo em fábrica de tintas causa foco de poluição em cinco praias de Matosinhos

A Autoridade Marítima Nacional (AMN) emitiu, esta terça-feira, um comunicado onde desaconselha a prática balnear em cinco praias do concelho de Matosinhos, na sequência de um foco de poluição causado pelo incêndio num armazém de uma fábrica de tintas ocorrido na segunda-feira, em Leça da Palmeira.

Segundo a AMN, a poluição deveu-se ao rápido deslocamento das águas residuais, através do sistema de águas pluviais, até uma ribeira que desagua na praia Azul, uma das que foi desaconselhada, juntamente com as do Aterro, Fuzelhas, Boa Nova e Leça da Palmeira.

A Agência Portuguesa do Ambiente e a Unidade de Saúde Pública de Matosinhos assumiram que existe a possibilidade de ter havido contaminação da água do mar, tendo sido dada a indicação para ser hasteada a bandeira vermelha em todas estas praias, até que as análises à água indicarem valores que se encontrem dentro dos parâmetros de referência.

PUB

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG