Matosinhos

Morreu o condutor do Porsche acidentado junto à Ponte Móvel

Morreu o condutor do Porsche acidentado junto à Ponte Móvel

Pedro Catão, o condutor do Porsche Cayenne Hybrid que colidiu contra um pilar da ponte móvel, em Leça da Palmeira, morreu na manhã desta segunda-feira.

O homem, de 37 anos, é a terceira vítima mortal do despiste que feriu mais três pessoas, na madrugada do dia 1 de maio.

O trágico acidente aconteceu pelas 6 horas da manhã, na Avenida Antunes Guimarães, quando o grupo regressava da festa de anos de Pedro Catão.

O acidente provocou dois mortos: Sofia Alves Pereira, de 25 anos, e Ricardo Landolt, de 38. Pedro Catão, que seguia ao volante, é a terceira vítima mortal. Dos feridos, apenas Luís Alonso permanece internado no Hospital de Santo António, no Porto. Ricardo Pinho e Sebastião Furtado já tiveram alta.

O Porsche Cayenne Hybrid, que seguia em direção a Leça da Palmeira, entrou em despiste depois de uma rotunda. Descontrolado, o veículo abalroou um poste de eletricidade e embateu num dos pilares de betão da ponte móvel, incendiando-se de seguida.

Um trabalhador do porto de Leixões e um agente da PSP que se encontra de férias socorreram as vítimas e conseguiram ajudar três delas a sair da viatura.