Premium

Pai de tailandesa decapitada morreu de desgosto

Pai de tailandesa decapitada morreu de desgosto

O pai de Natchaya Jenrob, a massagista tailandesa assassinada em Matosinhos, morreu no início do mês, pouco depois de saber da morte violenta da filha.

O desgosto matou-o, acredita a família, que não tem dinheiro para transladar os restos mortais da vítima e pede ajuda. Na Tailândia, as autoridades procuram o cúmplice e companheiro da homicida, detida pela Polícia Judiciária (PJ).

Ao que tudo indica, a massagista de 40 anos terá sido morta e desmembrada pela melhor amiga e patroa por causa de uma dívida de 10 mil euros. O marido terá apenas ajudado a companheira a desfazer-se do corpo. A investigação prossegue, mas só a cabeça da vítima foi encontrada até agora.

Imobusiness