Exclusivo

Linha de Leixões prepara-se para voltar a receber comboios de passageiros

Linha de Leixões prepara-se para voltar a receber comboios de passageiros

Acordo para avaliar reabertura do serviço é votado hoje. Investimento na linha férrea, com 11 novas estações, ascende aos 97 milhões de euros.

O regresso dos comboios de passageiros à Linha de Leixões poderá voltar a ser uma realidade. É esta sexta-feira votado um acordo de colaboração entre a Área Metropolitana do Porto, a Infraestruturas de Portugal e as câmaras do Porto, Matosinhos, Valongo, Maia e Gondomar, para avaliar a reabertura daquele traçado da ferrovia aos cidadãos. De mãos dadas a essa votação está a construção de uma nova ligação ao Aeroporto Francisco Sá Carneiro em alta velocidade. Adicionar a linha ao serviço de passageiros da CP e colocar carruagens a circular custará cerca de 97,3 milhões de euros.

A Câmara de Matosinhos já estudou esta solução em julho passado no âmbito da estratégia ferroviária para o concelho e concluiu que poderá haver um aumento de procura superior a 14 milhões de passageiros por ano nos comboios urbanos do Porto.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG