Exclusivo

Matosinhos: Museu da Memória pisca o olho aos mais novos

Matosinhos: Museu da Memória pisca o olho aos mais novos

Palacete Visconde de Trevões é agora um espaço dedicado à história de Matosinhos, com aposta forte nas tecnologias. Abre ao público na sexta-feira.

Realidade virtual, tablets, quadros interativos, projeções, vídeos. Coisas impensáveis há milhares de anos, são essas as armas de que o Museu da Memória está munido para cativar o interesse dos mais novos. Indo do mais longínquo momento da presença humana em Matosinhos até à atualidade, o novo espaço abre ao público na sexta-feira com uma aposta forte em recursos tecnológicos.

"Somos a memória que temos e a responsabilidade que assumimos. Sem memória não existimos, sem responsabilidade talvez não mereçamos existir", dizia José Saramago, e é com estas palavras que o visitante é recebido. Há muito almejada pela Câmara - mas atrasada quatro anos, devido a um diferendo com a empresa que iria tratar da conceção e da execução do museu -, a inauguração está marcada para esta quinta-feira e, na sexta, começam as visitas regulares.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG