Exclusivo

Moradores contestam abertura de rua em Lavra

Moradores contestam abertura de rua em Lavra

A passagem entre a Travessa e a Rua Miguel Duarte Caturra, em Lavra, no concelho de Matosinhos, pedonal há mais de 25 anos, está pronta para ser aberta ao trânsito. Os moradores dizem-se penalizados por terem comprado terrenos numa zona transformada em "armadilha". Além de se queixarem de ter perdido área junto às casas, temem que a nova rua se torne palco de acidentes, numa antiga praceta onde as crianças estavam habituadas a brincar.

Contactada pelo JN, a Câmara de Matosinhos disse que a intervenção "não tem qualquer consequência negativa" e que "a justificação para a ligação entre ambos os arruamentos é evidente". "Existem dois arruamentos com acesso automóvel, mas sem saída, que passarão a estar unidos, reforçando as condições de segurança e a mobilidade da zona em questão", realçou.

"Um dos motivos que nos levaram a comprar estes lotes foi o facto de a rua não ter saída. Era uma zona calma,", explicou Lino Ribeiro. Com o início da construção de uma casa junto à passagem pedonal, os residentes foram informados de que passaria a existir ali uma rua com trânsito automóvel.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG