O Jogo ao Vivo

Acidente

Mulher desaparecida em naufrágio no Porto é professora em Gaia

Mulher desaparecida em naufrágio no Porto é professora em Gaia

Uma mulher de 35 anos está desaparecida desde o início da madrugada deste sábado, depois de o barco onde seguia ter naufragado, na praia do Castelo do Queijo, no Porto.

A vítima será natural de Castelo de Paiva e, segundo apurou o JN, dá aulas de Educação Física na Escola Manuel António Pina, em Gaia.

O alerta para o desaparecimento foi dado pouco depois da meia-noite, segundo o comandante Rodrigues Campos da Capitania do porto de Leixões.

Na embarcação, um barco de recreio que tinha saído da marina de Leixões na noite de sexta-feira, seguia a bordo ainda um homem de 45 anos, resgatado com ferimentos ligeiros e transportado ao Hospital de Santo António, de onde já teve alta.

Uma testemunha, que estava na mesma unidade hospitalar quando a vítima deu entrada, relatou ao JN que um agente da Polícia Marítima telefonou à Polícia de Trânsito dando a indicação de que fosse realizado um teste de alcoolemia ao homem.

De acordo com o comandante Rodrigues Campos, "está a haver alguma dificuldade em encontrar o corpo porque a maré está a vazar". As autoridades colocam a hipótese de o corpo estar preso nas rochas.

A mesma fonte disse que havia ondulação de dois metros e meio a três metros, que desaconselhava a navegação deste tipo de embarcações.

A Polícia Marítima, a Proteção Civil de Matosinhos e os Bombeiros Sapadores do Porto estiveram no local, em terra, este sábado de manhã. Envolvidos nas buscas marítimas, estiveram um helicóptero da Força Aérea, uma embarcação salva-vidas de Leixões, uma corveta da Marinha, uma mota de água da Polícia Marítima e mergulhadores dos Sapadores.

Outras Notícias

Outros Conteúdos GMG