Aprovada

Nova ligação do Norteshopping à A28 para acabar com as filas

Nova ligação do Norteshopping à A28 para acabar com as filas

A Câmara de Matosinhos aprovou hoje as obras de urbanização na envolvente do centro comercial Norteshopping - que vai ser ampliado - que preveem um novo esquema de circulação automóvel na zona, nomeadamente uma nova ligação à autoestrada A28.

"Vamos fazer uma revolução viária que espero que venha acabar com boa parte dos constrangimentos de quem passa na A28 porque, todos os dias, há enormes filas de trânsito", disse à Lusa o presidente da autarquia, Guilherme Pinto, no final da reunião privada do executivo.

As intervenções, da exclusiva responsabilidade do NorteShopping, assentam na reorganização da rede viária da envolvente imediata a este espaço comercial, incluindo a construção de duas rotundas, beneficiação dos percursos pedonais, inclusão de dois corredores cicloviários, criação de novos acessos à A28, execução do reperfilamento e requalificação das ruas e reforço de arborização.

A ampliação do centro comercial, num investimento estimado de 43,5 milhões de euros, deverá arrancar no último trimestre do ano, "logo que esteja concluído o processo de licenciamento".

Guilherme Pinto explicou que vão ser criadas quatro saídas (designadas por interruptores) na A28, duas a norte e duas a sul.

"O objetivo é fazer com que cerca de 50 mil pessoas, quantas habitam nesta área de referência, possam sair da A28 para suas casas ou locais de trabalho sem necessitar de ir à rotunda AEP, fugindo ao trânsito", disse.

Na opinião do presidente do município, estas novas ligações à autoestrada serão um "contributo muito importante" para acabar com os constrangimentos do trânsito na zona.

O autarca realçou que há uma obra, entre estas, que será financiada pela câmara e que consiste na substituição de um túnel por um viaduto junto à feira de Senhora da Hora.

"O que pretendemos é que as pessoas possam circular a pé pelo viaduto, coisa que não acontecia com o túnel porque era escuto e as pessoas não se sentiam seguras", frisou.

A ampliação para sul do atual edifício traduz-se num aumento de 16.990 metros quadrados de área bruta acima do solo e destina-se a comércio, serviços, restauração e atividades complementares próprias de um centro comercial.

Nestas atividades complementares incluem-se os cinemas, que serão transferidos da sua atual localização para a cobertura do NorteShopping. O projeto prevê ainda manutenção dos dois andares e a concretização de três pisos em cave.

A viabilização da ampliação do centro comercial passou por um acordo entre a autarquia e a empresa que implicou uma permuta de terrenos, aprovada em abril de 2015 e nos termos da qual a Câmara de Matosinhos aprova o crescimento do NorteShopping para sul, eliminando o parque de estacionamento ao ar livre que ali existe.

Outras Notícias

Outros Conteúdos GMG