Exclusivo

O Titan está de volta ao horizonte de Matosinhos

O Titan está de volta ao horizonte de Matosinhos

O Titan, histórico e gigantesco guindaste usado na construção do Porto de Leixões, em Matosinhos, está a ser montado no molhe sul. Vai ser visitável e terá iluminação à noite. O investimento da APDL - Administração dos Portos de Douro, Leixões e Viana do Castelo é de dois milhões de euros.

Em Leixões, apertam-se enormes parafusos e ouve-se o tilintar das correias da grua que ergue cada peça no ar. E, da praia de Matosinhos, já se vê um pedaço de História a renascer: o velho Titan ganha corpo a cada dia, e a forma férrea do guindaste reconstruído já está desenhada no horizonte do molhe sul do porto de Leixões, cujas pedras basilares o portento de 400 toneladas ali depositou, uma por uma, no final do século XIX.

A lança, braço gigante que se estica vários metros adiante da base, já foi montada. Segmento por segmento. Os dois últimos foram unidos no solo - as zonas 6 e 7, na extremidade do guindaste, cada uma com mais de 10 toneladas - para depois serem erguidos. Na verdade, tudo ali é à escala titânica, e os pesos começam a contar-se em toneladas.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG