Matosinhos

Sábado de grande afluência com filas para entrar nos shoppings

Sábado de grande afluência com filas para entrar nos shoppings

Neste sábado de desconfinamento, foi grande a afluência ao NorteShopping e ao Mar Shopping, ambos em Matosinhos, obrigando os clientes, nos períodos de maior fluxo, a aguardarem em fila no exterior, só entrando quando a lotação dos centros comerciais o permitia e em função das pessoas que entretanto iam saindo.

Quem chegava ao NorteShopping era apanhado de surpresa pela fila. A avaliar pela procura, as saudades das compras, aos sábados à tarde, eram muitas. Wellington Silva, residente na Maia, chegou em passo apressado. Mas teve que aguardar. Atrás de si iam-se acumulando outras pessoas. A ordem para entrar só surgiu quando a lotação lá dentro o permitiu.

A tarde, cá fora, ventosa, apesar do sol, também não convidava a grandes passeios. Wellington confessava que já não entrava num shopping há "cerca de um ano". Esta era uma espécie de regresso ao passado, com esperança naquilo que o futuro trará. "Não podíamos transitar entre concelhos", dizia, para explicar o recolhimento até agora. "Vou comprar uma bateria para um relógio e mais um presente", adiantou, de novo em passo apressado e ladeado pela companheira, após ter surgido a autorização para, finalmente, entrar no NorteShopping.

Lá dentro, em lojas como a Primark e a Sport Zone, entre outras, o cliente era forçado a nova espera. À saída do centro comercial, muitos carregavam consigo vários sacos de compras. A família de Joana Mate foi um dos casos. Viajaram desde a Póvoa de Varzim, que é um concelho vizinho. Não entravam num shopping "há uns meses". Até já perderam a conta. Aproveitaram o sábado do desconfinamento para comprar "roupa mais fresca", a pensar em bons dias de primavera e de verão.

Desde Vila Nova de Gaia deslocou-se Alice Carvalho. Acompanhada pela família, passou o dia nas lojas e até almoçou na praça de restauração. Disse que não contava com tamanha afluência e admitiu que foi um sábado para "matar saudades". A última vez que se lembra de ter estado num centro comercial terá sido em "dezembro do ano passado". Apesar das filas, a Alice e os familiares estavam animados. Tinha chegado a "oportunidade de comprar em loja" artigos que não conseguiram adquirir "através da Internet".

Também em Matosinhos, no Mar Shopping, outro grande empreendimento existente na zona do Grande Porto, o dia foi movimentado. À tarde, pelo menos durante um período, foi necessário formar fila no exterior. As caixas da Ikea, por exemplo, estavam concorridas, para o momento de pagar as compras, e o espaço de restauração da empresa sueca, à saída, parecia lotado. De manhã houve, igualmente, muita procura.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG