Matosinhos

Trabalhadores da Super Bock avançam com greve a 10 de dezembro

Trabalhadores da Super Bock avançam com greve a 10 de dezembro

Após um plenário de quatro horas, os trabalhadores da Super Bock decidiram avançar com uma greve a 10 de dezembro e que contará com uma manifestação à porta da empresa em Leça do Balio, em Matosinhos.

De acordo com a Comissão de Trabalhadores, em causa está a dispensa de 16 funcionários, que deveriam ter sido integrados no quadro da empresa na sequência da assinatura de um acordo entre a administração e o Sindicato dos Trabalhadores da Agricultura e das Indústrias de Alimentação, Bebidas e Tabacos de Portugal.

PUB

A par desse dispensa, conhecida esta segunda-feira, os trabalhadores exigem "o fim das ações prepotentes e persecutórias já identificadas e o arrepio do sentido das ações de gestão relativas ao relacionamento humano e à garantia do cumprimento dos direitos". Os trabalhadores acusam a empresa de alimentar a precariedade dos postos de trabalho com vencimentos que correspondem ao salário mínimo nacional.

O Super Bock Group já tinha confirmado ao JN que a alteração de circunstâncias motivada pelo impacto da crise covid- 19 no negócio do grupo é de tal forma que inviabiliza o cumprimento do acordo firmado em janeiro, "num contexto prévio à pandemia".

Acrescentou ainda que "dimensão estrutural da crise" levou mesmo a um plano de "reestruturação interno que se encontra praticamente concluído, tendo decorrido de forma serena".

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG