Homenagem

Consternação no funeral de aluna que morreu na Polónia

M. F.

Foto Mónica Ferreira / Jn

O funeral de Maria João Neto, de 20 anos, estudante de Erasmus, que foi encontrada morta na Polónia, decorreu ontem, em Seroa, Paços de Ferreira, em ambiente de grande consternação.

Com flores brancas na mão, dezenas de pessoas acompanharam o cortejo fúnebre, batendo palmas à jovem no final da missa de corpo presente.

Maria era aluna de Economia da Universidade da Beira Interior, na Covilhã, e tinha ido para a Polónia em setembro. Foi encontrada sem vida no dia 14, em circunstâncias que estão a ser investigadas pelas autoridades.