O Jogo ao Vivo

Paços de Ferreira

Dezassete coros transformam Paços de Ferreira na capital da música coral

Dezassete coros transformam Paços de Ferreira na capital da música coral

Música e património estão em destaque este fim de semana na região do Vale do Sousa, no Vocal Art Choir Competition (VACC), um evento organizado pelo Vocal Art Ensemble, de Paços de Ferreira, que junta 17 coros, nacionais e internacionais, que pretende promover a cultura e o património.

São 13 concertos que estão a acontecer até amanhã, em 12 locais - entre os quais monumentos da Rota do Românico -, dos concelhos de Paços de Ferreira, Paredes e Lousada. Mais do que uma competição, o evento pretende dinamizar o concelho de Paços de Ferreira e a região. A expetativa da organização é elevada. "Há alguma competição saudável e alguma picardia salutar, mas acima disso queremos promover a cultura, elevar a música coral e dá-la a conhecer", afirmou Ana Sousa, presidente da Associação Vocal Art Ensemble, organizadora do evento, em parceria com a Câmara Municipal de Paços de Ferreira.

Da Polónia chegaram os Cantores Varmienses. Pela primeira vez em Portugal, o grupo, junto há cerca de 10 anos, já atuou em países como Bulgária e Espanha. "Participar em competições não é normal para nós", afirmou o maestro Benedykt Blonski, manifestando a sua satisfação por estar nesta competição em Paços de Ferreira. "Viemos mostrar o que fazemos. Gostamos de cantar e mostrar os compositores polacos. Temos muitas músicas da Polónia que serão interessantes para as pessoas de Portugal", afirmou, acrescentando que vão apresentar música coral, mas também música folk.

Do Porto chegou o Ensemble Vocal pro Música. "Esperamos que seja sobretudo um momento de convívio entre os coros. Temos alguma experiência de concursos e o melhor prémio que levávamos destes concursos é sempre conhecer novas pessoas e ouvir novas músicas", afirmou Francisco Campos, da direção do grupo, esperando que tenha "o maior sucesso".