O Jogo ao Vivo

Projeto

Antigo café de Paredes transformado em museu

Antigo café de Paredes transformado em museu

Um edifício que já acolheu um café, na freguesia de Aguiar de Sousa, vai ser reabilitado para instalar o Museu Arqueológico e Etnográfico de Paredes. A Câmara espera avançar com a obra em 2023. Para já, só há estudo prévio e ainda não há valor de investimento definido.

No espaço que albergou o antigo "Café Ómega", o Município quer ver um espaço museológico que será "um elogio às tradições e aos ofícios do sul do concelho", sobretudo com ligação à "transformação do lugar de habitar, desde a sua origem à sua fixação", como a arte de cultivar e de edificar.

O museu terá como objetivo "proteger e valorizar o património cultural, material e imaterial de Paredes, promover o acesso à cultura, diversificar públicos, recolher dados, estudar e partilhar informação".

Ficará próximo do Castelo de Aguiar de Sousa, do Moinho de Aguiar de Sousa, do Parque Natural da Senhora do Salto, da Mamoa de Brandião e da Aldeia de Castromil, numa zona de antigas minas romanas de exploração de ouro, e junto ao Parque das Serras do Porto.

Segundo o estudo prévio, o edifício, à face da EN 319-2, será transformado para contar com diferentes zonas de exposição, permanente e temporária, e espaços para atividades lúdicas e educativas.

O piso -1 será dedicado ao estudo e investigação, conservação e tratamento de dados e inventariação, o rés do chão à receção, educação, interpretação e exposição temporária (por exemplo, de histórias e lendas, a tradição do milho e desfolhada ou sobre a romanização do território), e o piso 1 será para a exposição permanente.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG