Paredes

Autoridades retiram homem de telhado após várias horas de negociações

Autoridades retiram homem de telhado após várias horas de negociações

Um homem, de nacionalidade ucraniana, foi imobilizado pela GNR e retirado do telhado de um bloco de apartamentos em Bitarães, freguesia de Paredes, no distrito do Porto, onde permaneceu durante mais de cinco horas.

O homem estava no telhado do bloco de quatro apartamentos desde as 5 horas desta quarta-feira e foi imobilizado pela GNR e retirado do local pelas 10.30 horas.

Em Portugal há dois meses, o cidadão ucraniano disse que quer voltar ao seu país de origem mas não tem dinheiro, por isso, exigia falar com alguém do consulado da Ucrânia no Porto, para conseguir ser repatriado, apurou o JN.

Vários meios foram mobilizados, nomeadamente a GNR, Bombeiros de Paredes e INEM.

Alguns elementos subiram numa plataforma elevatória até à altura do topo do edifício e tentaram convencer o homem a descer. A GNR acabou por conseguir aceder ao telhado e imobilizar o homem, após mais de cinco horas.

Devido ao piso e existência de pregos no telhado do imóvel, o homem ficou ferido nos pés e foi assistido numa ambulância dos Bombeiros de Paredes no local. Posteriormente, foi transportado para o serviço de Psiquiatria do Hospital de São João, no Porto, para internamento, sob acompanhamento da GNR.