Executivo

Paredes aprova novo empréstimo para resgate da concessão da água

Paredes aprova novo empréstimo para resgate da concessão da água

A Câmara de Paredes aprovou, em reunião de executivo, um novo empréstimo de cerca de 21 milhões de euros para pagar o resgate da concessão de água e saneamento à Be Water. Recorde-se que o último empréstimo, no mesmo montante, foi chumbado pelo Tribunal de Contas.

Este novo empréstimo já vai ser realizado à luz da prerrogativa especial para resgates criada no Orçamento de Estado para 2022.

"Vamos fazer a consulta até ao dia 11 de agosto às entidades bancárias para ver qual a melhor proposta", afirmou o presidente da autarquia, Alexandre Almeida. Depois disso, o empréstimo de médio e longo prazo até ao montante de 21.013.923 euros terá de passar pela autorização do Governo e tem ainda de receber visto do Tribunal de Contas. Só aí a Câmara poderá "proceder ao pagamento e começar a gerir os serviços", adiantou o edil. Alexandre Almeida já tinha avançado que o mais certo era os Serviços Municipalizados de Água e Saneamento de Paredes (SMAS) arranquem só em outubro.

PUB

Os vereadores do PSD votaram contra, não pelo empréstimo em si, mas porque sempre discordaram do resgate e defendiam antes uma rescisão contratual.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG